sábado, 23 de abril de 2011

Quem disse que na Suíça não tem praia?

  Quem disse que na Suíça não tem praia? Tem sim! É só o inverno ir embora que todos correm para lá! Juro que me surpreendi quando escutei essa frase pela primeira vez, pois sempre soube que a Suíça não é um país banhado por oceano.

 Mas quem disse que tem que ter mar para as pessoas irem à praia? Quem pensou isso se enganou redondamente. Para os suíços basta apenas o sol aparecer que seus lagos viram quase a praia de Copacabana em um dia de domingo! No inverno eles servem de pista para patinação, e nas outras estações se transformam em praia.

 Realmente os lagos daqui são lindos. Muitas vezes os confundo com o mar, tendo em vista que muitos são super extensos e parecem não ter fim.

 Bom, tudo é lindo e maravilhoso, mas se você me perguntar se eu me arrisco a dar um mergulho, não poderei dizer outra coisa a não ser: ‘Estou fora!’. Não pense que eu nunca tentei... tentei sim... algumas poucas vezes, mas tentei. Ocorre que em todas as minhas tentativas meu cérebro e o meu corpo não se entenderam. Meu cérebro dizia: ‘Vai. Entra. Se joga, depois você se acostuma, depois o frio passa!’. Mas meu corpo o ignorava... fingia que não era com ele.

 O máximo que consegui foi molhar meus joelhos. Os motivos? Vários! Além da água ser um gelo, máximo 23°C no auge do verão e mesmo assim raramente, o fundo do lago é cheio de pedras! Você não sabe se sente dor ao pisá-las ou se sente nojo por causa do limo depositado em cima delas! Fora isso, dependendo do lago, você ainda tem que dividi-lo com os patos selvagens, que nessa época estão por toda parte. Eu não tenho nada contra eles, muito pelo contrário, acho que os lagos são deles e nós, seres humanos, é que deveríamos respeitá-los e deixá-los em paz. O problema é que o odor de suas necessidades fisiológicas deixadas na água invade as minhas narinas há três metros de distância! Tem gente que me acha exagerada, mas pra mim não dá. Tenho o meu limite. Já bastam os esportes radicais e perigosíssimos que tenho que praticar no inverno em favor da família!

 No meu primeiro verão suíço eu recebi a visita de uma tia muito querida. Quando ela me disse que viria, não pude deixar de encomendar uns modelitos novos de biquínis, uma vez que os daqui não me vestem bem, sobra muito pano. Ela trouxe! Um mais lindo que o outro. Na mesma semana fez aquele solzão e resolvi aproveitar para estrear minhas recentes aquisições. Escolhi o mais discreto... o de oncinha. Chamei uma amiga, arrumei as crianças e parti para o bronze! Chegando lá, me deparei com as suíças e seus enormes trajes de banho. Sério, sem deboche... me senti em pleno anos 50, devido ao tamanho deles! Já estava achando a situação engraçada, e pra completar minha amiga disse: ‘Meu filho chama os biquínis daqui de abafa-peido!’. Aí não deu pra agüentar... rimos incontrolavelmente! Mas o pior foi o seguinte: cadê a coragem pra me levantar da cadeira com o meu belo biquíni brasileiro? E olha que o meu é bem decente! Fiquei sentada o tempo todo e na mesma posição para não chocar ninguém.

 Agora, o que não dá para entender é que, apesar de usarem esses biquínis-sunga, elas fazem topless sem o menor pudor, e ainda depois de cada mergulho se trocam na frente de todos! Exatamente, ficam peladas e colocam um dos seus biquínis secos. Já pensou se essa moda pega no Brasil?

 Sei que a poluição é um grave problema que enfrentamos nas praias brasileiras, mas não as troco por nada! Amo sentar na areia de frente para o mar e admirar sua imensidão! Isso me dá uma sensação de pura liberdade. Olhar a linha do horizonte, ouvir o bater das ondas, dar aquele mergulho e sentir o cheiro da maresia... não tem preço! Sem falar na empadinha, que sempre passa na hora certa. Isso sim é um privilégio. Ai que saudade.


                                          Lago de Zurique




15 comentários:

  1. Nanda, muito legal essa postagem e como sempre estou adorando a forma como você escreve sobre a Suíça! Sempre que eu puder, farei meus comentários da visão de um homem aqui na Suíça e aproveitando, vou logo deixando aqui minha curiosidad: Me diverti muito com o "abafa peido". Mas tenho uma pergunta: Eu até o momento tenho frequentado as "praias de Rapperswil" e só presenciei até o momento topless! Dá para me dizer onde é essa "praia" que as meninas trocam de roupa? rsrsrs ;) Psssst!

    ResponderExcluir
  2. Oi Fernanda,adorei ver as fotos da praia da Suíça...rsrsr O gramado, substitui as areias.
    Pelo menos ningúem fica parecendo bifinho á milaneza, rsrs como aqui no BRASIL. Bjos fiquem com DEUS!!!!

    ResponderExcluir
  3. Eles "transformam" os lagos em mar? Qual é o nome desse fenômeno? Sim...jeitinho brasileiro!

    ResponderExcluir
  4. oi
    "abafa peido" é muito bom, praia com frio não chega a ser coisa muito boa, pois agua fria so nos pes.
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Realmente Fernanda, dá o que pensar: biquinis enormes e troca de roupa em público....
    Na nossa cidade tem uma piscina pública (aqui não tem clube, como no Brasil, as piscinas são públicas e as pessoas pagam entrada). Apesar de ter os banheiros e vestiários, a maioria das pessoas troca de roupa no meio da grama, onde todos estão sentados. Alguns, mais discretos, colocam uma toalha em torno da cintura ou do peito. Outros, nem isso.
    O melhor da história é que um amigo nosso foi fazer o mesmo em Copacabana. Por sorte a mulher dele viu (ela é brasileira) e impediu. Senão viraria "atentado ao pudor".
    E a nossa moral, por outro lado, também é bem estranha: vale fio dental e biquinis mínimos, mas trocar de roupa em público é o cúmulo....
    Como dizia um costureiro brasileiro famoso que morava em Paris: "o charme da mulher brasileira é mostrar escondendo". Vai ver que é isso mesmo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Irene! Bom receber a sua visita =)
    Realmente essa diferença cultural é bastante interessante. Essa questão do traje de banho, de se trocar em público ou usar um biquini pequeno, mostra um pouco a diferença entre a mentalidade suíça e a brasileira.
    Ainda bem que a esposa do seu amigo o impediu... rsrsrs
    Obrigada pelo comentário.
    Bjks.

    ResponderExcluir
  7. Nossa! Vim pesquisar se a Suíça, tinha mar e encontrei um delinear sobre este lago, que realmente parece um oceano.
    Parabéns, pois sua atitude e simplicidade na escrita facilita até o entendimento dos leigos.
    Você comentou e explicou outras situações, tais como o lago e o que existe nele, temperatura, o que é realizado lá, sobre as vestes das mulheres e suas atitudes durante e após o banho no lago... Quem sabe um dia eu possa visitar a Suíça? Nada contra quem toma um banho lá, mas irei só pra visitar e conhecer.
    Agradeço seu comentário, muito importante pra mim e creio pra outras pessoas também.
    Bjss... Jamile Jaoulak.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jamile! Obrigada pelo seu cometário!
      Sim, venha visitar sim a Suíça! Vale a pena!´É um país muito lindo! =)Se quiser me escrever para contar o que achou, ficarei mt feliz! Bjks. =*

      Excluir
  8. Oi Fernanda, estou indo pra Lugano agora em Maio...Achei bem legal seu blog, mas nao vi nada sobre Lugano....o q vc acha delá???

    Bjos
    Cati

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cati!
      Lugano é linda! Vale a pena conhecer!
      Depois conte pra gente como foi a sua experiência e o que achou da cidade!
      Bjks.
      Nanda

      Excluir
  9. Parabéns Fernanda ! muito útil as informações aqui postadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Lúcia, por deixar sua opinião! :-)
      Bjks

      Excluir
  10. Oi Nanda td b vc nao acessa maisrua aqui? moro na alemanha e penso em. Morar em LUGANO em 2016...vamos manter contato? Bjaos

    ResponderExcluir
  11. Meu email cele_bogea@hotmail.com

    ResponderExcluir